Sobre a Romuva

A Romuva é um movimento religioso comumente denominado na academia de Neopaganismo Báltico. O termo “Romuva” significa algo como “templo”, “santuário”, e também “morada de paz interior”, e é oriundo de escritos medievais da Prússia Oriental que mencionavam um antigo templo pagão báltico chamado Romowe. Historicamente, o movimento de renascimento do politeísmo báltico se deu ao longo do século XX e a consolidação da Romuva na Lituânia e em algumas outras localizações do mar báltico durante a década de 1990. Há que se levar em conta, porém, que a Lituânia foi um dos últimos países europeus a serem cristianizados, já em 1387, de modo que as antigas tradições continuaram bastante presentes, sobretudo no folclore e nos costumes. Assim como outras religiões indo-europeias, a Romuva compreende a sacralidade da natureza e pratica o culto aos ancestrais.

Fotos: página “Kulgrinda”, no Facebook.

© Dannyel de Castro

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s