Primavera no bosque

Me peguei refletindo sobre alguns pequenos avanços diários em minha própria percepção e vivência de uma espiritualidade pagã. É realmente incrível perceber que não se trata mais de uma mera observação dos ciclos da natureza, como no início de minha caminhada; agora, sinto o pulsar da terra a cada girar da roda das estações dentro de mim. Tudo na natureza muda quando uma nova estação chega, atinge o seu ápice e decai. E esse “tudo” inclui, obviamente, nós, seres humanos. Somos diretamente influenciados pelos ciclos da Terra (em nosso íntimo, nos níveis emocionais e sensoriais), só que o homem moderno se afastou tanto da natureza e de sua essência que não consegue mais entender ou perceber isso.

Chegamos, recentemente, ao final de um intenso Inverno. Me mudei para Florianópolis/SC justamente na ocasião do solstício. No caso, eu vivia em Belém, na região norte do país, onde a natureza se apresenta de forma bastante diferenciada de onde estou agora (lá, por exemplo, o calendário sazonal observado é condizente com o do hemisfério norte). Aqui, me deparei com uma grande força invernal. Foram meses de geadas e temperaturas baixas e/ou negativas em todo o estado, chuva de granizo, ressacas do mar… Também comigo as coisas andavam meio nebulosas, algo típico de uma mudança brusca como a que eu fiz, mas também típico do Inverno. Porém, foram tempos e situações necessárias para o meu crescimento e fortalecimento, e exatamente 3 meses após a minha chegada aqui a Primavera começou, marcando o final de um pequeno ciclo e início de outro; agora, tendo a Luz para iluminar as coisas. Além de sentir os ventos mudando com a nova estação, vejo a mim mesmo em transformação, ciente de minhas sombras e aspectos que precisam ser trabalhados (coisas que o Inverno jogou na minha cara), e pronto para fazer com que meus projetos e sonhos germinem.

Bom, o post não tinha exatamente um objetivo, estava apenas com saudade de escrever um pouco de minhas percepções por aqui. Sou grato pela Primavera, sou grato aos Deuses e aos Ancestrais, cada dia mais próximos de mim. /|\

© Dannyel de Castro

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s