O Paganismo Germânico sob um Olhar Magístico

por Dan “Ravn”

Um grande escritor disse que as religiões são um ponto a partir de onde vemos o mundo; partindo deste princípio, uma definição possível para “magia” é “uma forma onde intervimos com o mundo”. Este é um dos muitos motivos que movimentos religiosos e costumes tradicionais populares costumam ter uma sessão de seu conhecimento reservada a tal nome. Para pesquisadores de institutos como o NEVE, a magia tinha um papel central nos costumes da religiosidade nórdica porém nem sempre está claro quem é a figura que a exercia; com o tempo, seus métodos e práticas acabaram se perdendo em meio a elementos literários muito tardios dos monges que registraram os mitos.

Atualmente, conforme movimentos neopagãos foram surgindo e voltaram seu olhar para os resquícios destes povos com o objetivo de criar uma religiosidade viva na época atual, magistas também notaram um potencial onde suas práticas poderiam florescer. É entre eles que me encaixo e este é o ponto de vista no qual meu paganismo surge, e de onde falarei aqui. Como um texto inaugural para esta coluna, falarei em linhas gerais sobre o assunto que discutiremos ao longo das postagens: a forma que a magia é abordada no paganismo nórdico atual, e a relação de um mago com sua religiosidade.

Vamos primeiro contextualizar de que forma ocorre a magia pagã nórdica atualmente. Movimentos grandes como a Ásatrú islandesa e as Forn Siðr do continente europeu não costumam ter relação direta com a prática magística, especialmente porque a ruptura que fez com que ela se perdesse no passado faz com que as práticas de hoje sejam construções contemporâneas feitas a partir da simbologia e estruturas advindas de linhas diversas. Talvez o exemplo mais icônico disto seja os “significados mágicos das runas”; tais sistemas foram feitos a partir do nome dos caracteres de escrita dos povos germânicos, porém uma mistificação aliada a mitos de uma época em que as informações arqueológicas ainda eram imprecisas levam muito a crer que os alfabetos são inerentemente mágicos e se confundir quanto ao que é antigo e o que não é.

Normalmente, magistas que escolhem trabalhar dentro de uma prática pagã germânica acabam preferindo o fazer de forma solitária, embora pequenos grupos de culto e estudo (semelhantes a um clã/kindred) possam surgir; desta forma, é possível ter uma liberdade maior para testar e pesquisar métodos práticos que pode não ser possível quando aderimos a um movimento maior. Entre europeus, é muito comum vermos pessoas que criam uma forma de trabalho muito particular, aliando o folclore local, a simbologia pagã, conhecimentos de bruxaria e a sigilização de diferentes épocas com linhas de pensamento da magia prática atual. Alguns grupos estadounidenses que se denominam ásatrú possuem seus próprios métodos e sistemas repassados para os praticantes da religiosidade, porém devemos nos atentar que muitas vezes o material deles chama uma prática atual de “autenticamente nórdica”; algo similar ocorre com certas ordens europeias, que alegam praticar “mistérios rúnicos” porém são focados em vias como o Left-Hand Path e não na religiosidade pagã.

Construir uma prática magística dentro paganismo acaba envolvendo uma maneira muito particular de exercer a religiosidade. Os conceitos que embasam a magia prática, aqueles em que fundamentamos o nosso estudo antes de tudo, acabam moldando a forma que veremos e vivenciaremos os conceitos que fazem parte do paganismo germânico. Precisamos não apenas do discernimento para com as nossas fontes, como também de criatividade para amarrarmos prática e teoria de forma eficaz.

Em nosso próximo encontro, discutiremos a abordagem de deuses e entidades do ponto de vista magístico. Até breve!

 

_

25991002_1677253335700446_382286228_nDan “Ravn” é magista e praticante de religiosidade pagã germânica; membro-fundador do clã “Canção Trovejante”, e estudante de diversas linhas magísticas. Se encanta pelo estudo do design, da arte e da narrativa. Além da coluna Canção de Furor, também escreve para o Colégio Platinorum [http://platinorum.com/author/ravn/].

 

 

_

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s