A Sistematização Nórdica Contemporânea

 

por Dan “Ravn”

Imagem de Ræveðis

 

Após a repercussão do texto anterior da nossa coluna, decidi antecipar uma elucidação em torno de como é composto um sistema de magia pagã contemporâneo. Analisaremos algumas das principais influências e formas que são adaptadas ao paganismo.

A principal influência com certeza está no hermetismo, havendo desde o século XVII trabalhos como o “Adulruna” de Johannes Bureus que combinavam a Kabbalah Hermética e o rosacrucianismo com alfabetos rúnicos para criar um sistema que pouco tinha haver com o paganismo germânico. Muito posteriormente, no começo do século XX, surgiu o livro “Das Geheimnis der Runen” (algo como “O Segredo das Runas”) do austríaco Guido von List, que apresentava as “Runas Armanem”. Com diversos conceitos influenciados pela Teosofia e oriundos de uma visão muito particular (e repleta de preconceitos étnicos e sociais) da simbologia pagã, ele trabalhava com um alfabeto rúnico criado pelo autor (provavelmente partindo do fuþork anglo-saxão) que teria um caractere para cada feitiço descrito entre os 147º e 165º versos do Hávamál (trecho chamado muitas vezes de “Ljóðatál”). Entre autores contemporâneos, Edred Thorsson é aquele que possui maior influência hermética; normalmente, os rituais dessa linha são decompostos e possuem sua simbologia retrabalhada e substituída para a pagã.

Outro sistema muito utilizado para criação de práticas dentro do paganismo atualmente é a “magia do caos”. Com a proposta de ser uma ferramenta para criação de sistemas ao invés de um completo por si só, sua proposta de ser “livre de dogmas” permite que seja usada em conjunto com qualquer tradição para o desenvolvimento de novas práticas dentro dela. Muitos métodos presentes na magia do caos, como o “Alfabeto do Desejo”, lembram muito as formas que as runas são usadas atualmente; e sua “sigilização” (trabalho com a criação de símbolos para um intento mágico) influencia tanto a criação de bandrúnar (glifos feitos com a união de duas ou mais runas em um único símbolo) ou galdrastafur (símbolos da magia islandesa) contemporâneos. O dinamarquês Ræveðis, famoso por sua página no Facebook onde compartilha sigilos bem artísticos, é fortemente influenciado pela magia do caos e a utiliza para amarrar o conhecimento pagão, o folclore local e a estética islandesa.

Não podemos deixar de mencionar a Bruxaria Tradicional e métodos de magia natural. Embora muitas vezes haja um grande sincretismo na bruxaria, especialmente em tradições que realmente conseguiram se manter e se adaptar a diversas épocas, existem grupos que estão tentando “repaganizar” várias formas de magia que foram preservadas dentro de folclore ou mesmo se tornaram tradição cristã. No caso da magia natural, é importante dar ênfase no fato de que a fauna e flora sempre irá variar muito e que ela exige adaptação para cada local em que o praticante se encontra; aqui no Brasil, as informações mais extensivas sobre ervas costumam a fazer parte de materiais umbandistas.

Para aqueles que desejam praticar magia em conjunto com o paganismo germânico, é muito importante adquirir ao menos conhecimentos teóricos nas áreas citadas. Dessa forma, será possível analisar os materiais disponíveis de forma muito profunda e evitar aqueles que podem estar equivocados ou mesmo serem enganosos. Aos que se arriscarem a praticar, dediquem-se com seriedade e não deixem de testar suas próprias práticas!

 

_

25991002_1677253335700446_382286228_nDan “Ravn” é magista e praticante de religiosidade pagã germânica; membro-fundador do clã “Canção Trovejante”, e estudante de diversas linhas magísticas. Se encanta pelo estudo do design, da arte e da narrativa. Além da coluna Canção de Furor, também escreve para o Colégio Platinorum [http://platinorum.com/author/ravn/].

 

 

_

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s