Do Paleolítico aos dias de hoje

por Carlos Caruso

Primeiramente gostaria de traçar uma linha do tempo para que saibamos como era antes com os nossos mais antigos ancestrais, como desenrolou e como está nos dias de hoje. Pois bem, lá atrás na época do Paleolítico acreditava-se que Deus era uma Mulher, era uma época chamada de Matricial (em relação aos termos, devem existir outras denominações, as citadas a seguir são mais para nos basearmos em como funcionava).

Nesta era Matricial homem e mulher atuavam juntos em equilíbrio mas o poder dominante era o das mulheres, nós homens precisamos ter a consciência que as mulheres são mais poderosas do que nós por terem um ÚTERO, por conseguirem gerar uma vida dentro de si com a ajuda do homem, mas são elas que carregam por 9 meses e depois o amamenta, nós homem sem este órgão, devemos ser eternos guardiões da força feminina sempre com muito amor, carinho, zelo, respeito, amizade e paciência. Depois entrou a era Matriarcal onde a mulher era dominante e o homem servia apenas para a reprodução, quando já estavam inférteis não servia para mais nada e o seu destino era a morte. Nesta época o Homem tinha que merecer ser o Pai daquela criança, a maternidade era única e exclusiva da mulher o homem só poderia acompanhar o filho ou a filha anos após o nascimento.

Nesta época o homem era sub julgado pela mulher algo semelhante ao que se tornou mais tarde com o patriarcado. Quando chegou a fase patricial o Homem atuava com a mulher mas o Homem era dominante, foi nesta época que Jesus esteve na terra para cumprir sua missão e também trazer a imagem do PAI. Seguiram-se aproximadamente uns 400 anos e o império romano estava no poder com a intenção de dominar o mundo, foi então que entrou em cena a igreja católica implantando o cristianismo como a religião universal, com isso entra a era do Patriarcado.

Observamos que a Biblia é um livro recente e machista, logo no gêneses Deus (masculino) criou o Homem (masculino), Aquele Deus observou que o homem estava muito sozinho então criou os animais, mas viu que o homem ainda continuava sozinho então o adormeceu e de suas costelas criou a Mulher, Eva! Uma mulher submissa ao homem, “bela, recatada e do lar” a bíblia não menciona Lilith que de acordo com a mitologia Judaica seria a primeira mulher de Adão que foi expulsa do paraíso porque queria ter igualdade junto a ele não aceito por este masculino, então ela decide ir embora e Deus cria a submissa Eva.

São muitos mitos, muitas histórias, o Livro de Urântia fala de uma outra história que abordaremos nos textos seguintes. Depois que o Patriarcado se instaurou o masculino começou a atuar na sua polaridade negativada ao extremo com muitas guerras, disputas pelo poder, muitas posses, a mulher se tornou uma propriedade do masculino e a Raiva, o Ódio, a Violência, o Abuso e as mais inúmeras atrocidades e barbaridades seguiram por muitos séculos.

Recentemente a partir dos anos 30 os movimentos feministas começaram a se expandir, a mulher colocou a armadura, pegou as armas, foi pra guerra e conseguiu provar que é tão capaz quanto o homem. Observamos mulheres liderando na política, nas artes, na medicina, em todos os contextos sociais, inclusive a mulher passou a ser também a provedora invertendo os papeis, o homem cuidando da casa e dos filhos enquanto a mulher vai trabalhar para pagar as contas. Com todos esses movimentos a mulher acabou se masculinizando demais, observamos muitas mulheres com traços masculinos.

O sagrado feminino chega junto com a Nova Era de Aquário para levar a mulher novamente para a sua essência tal qual uma flor, bela, sensível, delicada, sutil, cheirosa mas com espinhos bem pontudos para se defender e despertando a mulher selvagem que foi gradualmente anulada por milênios de patriarcado e androcentrismo. Então a mulher está retirando as armaduras para deixar que a flor desabroche e se permitir ser feminina desde a sua essência.

Em contra partida iniciou-se também os movimentos do Sagrado Masculino para curar o homem desta masculinidade tóxica, provinda de anos de patriarcado com o objetivo de tirar o homem de dentro da caixa que a sociedade criou para ele. O sistema colocou o homem e a mulher dentro de uma caixa e inventou muitas regras “Homem de verdade” “Mulher de Verdade”, na caixa do homem de verdade diz que o homem tem que ser, agressivo, violento, machão, opressor, comedor, não pode demonstrar seus sentimentos, sua sensibilidade, não pode chorar, etc… A mulher semelhante a Eva: Bela, Recatada, do lar, submissa ao homem, tem que cuidar da casa, dos filhos, cozinhar, ganhar menos, etc….

Estamos no momento de sair de dentro desta caixa e ser oque somos em nossa essência, reaprender a ser homem seguindo o coração, sendo sensível, delicado, sutil e amoroso. Ressignificar tudo o que nos foi ensinado, condicionado, enfiado goela abaixo, para podermos caminhar junto com as mulheres ombro a ombro em harmonia, lado a lado co criando. Despertar a nossa medicina pessoal, nossos talentos e virtudes, sermos inteiros, mestre de nós mesmos, enxergar as mulheres como Deusas e estar a serviço. Despertar a nossa consciência para o Amor Incondicional enxergando as mulheres como iguais, irmãs, parceiras de trabalho, de vida, ensinar e aprender, entender que na nova era a liderança é coletiva, todos somos líderes cada um atuando nas suas virtudes sem supremacia de gênero, com muito amor, carinho, respeito, liberdade, amizade e parceria!

Aho Mitakuye Oyassim! Por Todas as Nossas Relações Sagradas.

 

_

 

41512836_2240048052881359_1137418068532658176_nCarlos Caruso é Naturopata e Facilitador Xamânico. Iniciado na Tradição Huni Kuin como Kea Bukumapua pelo Pajé Txana Shane. Multiplicador da Roda de Xamanismo Vôo da Águia de Léo Artése, ministra Cursos de Xamanismo, Rodas de Medicina, Rituais com Ayahuasca, Rapé, Sananga e a aplicação do Kambô. Trabalha com Massagem, Acupuntura, Hatha Yoga e há 5 anos com Círculos do Sagrado Masculino.

Anúncios

Uma resposta para “Do Paleolítico aos dias de hoje”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s